53 dias sem chuva no Noroeste Paulista

Em se tratando do clima, o mês de julho definitivamente foi marcado por eventos extremos. Durante todo o mês, a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira acompanhou as estações da Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista, registrando e divulgando os dados do clima. Desde o início do mês que teve a presença de chuva, passando pelo frio e finalmente pela baixa umidade relativa do ar.

O total chovido no mês foi de :

Já as temperaturas mínimas chegaram a:

Ilha Solteira: 7,9 °C
Pereira Barreto (Estação Bonança): 6,3 °C
Itapura: 6,7 °C
Pereira Barreto (Estação Santa Adélia): 8,7 °C
Sud Mennucci (Estação Santa Adélia Pioneiros): 5,7 °C
Paranapuã: 4,7 °C
Marinópolis: 5,1 °C
Populina: 3,9 °C 

Desde então, a umidade relativa do ar baixa tem sido uma constante durante o período de temperaturas máximas em todas as estações, entre 14h e 16h. Em agosto, até o momento, em praticamente metade dos dias tivemos umidade mínima menor ou igual a 30%, valor considerado crítico, além de algumas ocorrências de umidade próxima aos 20%. Até agora para o mês de agosto as mínimas foram:

Ilha Solteira: 28,6%
Pereira Barreto (Estação Bonança): 26,4%
Itapura: 22,2%
Pereira Barreto (Estação Santa Adélia): 26,8%
Sud Mennucci (Estação Santa Adélia Pioneiros): 26,1%
Paranapuã: 26,0%
Marinópolis: 25,9%
Populina: 23,9%

Hoje (14), chegamos à 53 dias sem chuva em toda a região, maior período de seca registrado no ano. Assim, aumenta a expectativa de chuva à medida que com médias próximas aos 4 mm/dia de evapotranspiração chegamos a um totais acumulados no mês de:


Mais uma vez a AHI alerta para os riscos a saúde causados pela baixa umidade relativa do ar, sendo assim, não deixe de acompanhar o PORTAL do Clima da AHI, além de seguir as orientações para situações extremas como a hidratação constante, evitar exercícios físicos, banhos muito quentes, o excesso de tempo em ambientes com ar condicionado. 

Comente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário