Mais um agosto sem chuva e com umidade relativa crítica


Fechando o mês de agosto com a umidade baixíssima, nenhuma chuva a evapotranspiração em alta, com médias elevadas até passando dos 5 mm diários na estação de Santa Adelia, como pode ser visto na tabela abaixo:

EstaçãoEToPN-METoPN-MChuva
-Média (mm/dia)Acum. (mm)(mm)
ILHA SOLTEIRA4.9152.60.0
SANTA ADELIA5.3165.00.0
MARINOPOLIS4.6143.80.0
BONANCA3.8116.80.0
ITAPURA4.4135.80.5
SANTA ADELIA PIONEIROS3.3102.80.0
POPULINA4.3127.90.0
PARANAPUA4.1128.10.0


É interessante observar como o vento exerce influência direta no evapotranspiranção baixando a umidade relativa do ar criando um ambiente mais propício para esse fenômeno. Observando as variações na evatranspiração em paralelo com as do vento nos gráficos abaixo podemos ter uma clara noção da influência deste parâmetro sobre a ela.

Gráfico retirado do Sistema de Monitoramento Climático  do Portal Clima



Gráfico retirado do Sistema de Monitoramento Climático  do Portal Clima


Há 71 dias sem chuva registrada em nenhuma das 8 estações que compõe a Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista e com a umidade relativa do ar preocupante se aproximando de 20 % nos momentos mais críticos do dia.

A baixa umidade do ar é um problema sério que atingi nossa região todos os anos, do final  maio a setembro as vezes adentrando ao mês de outubro, nesse período a escassez de chuvas na região associada aos ventos secos contantes que sopram do Planalto Central na direção do litoral paulista, carreando a umidade da região.

Pra se ter uma idéia da gravidade da situação ontem (31) a cidade de Brasília declarou estado de alerta, lá não chove a 75 dias e a umidade não ultrapassa 30% há 6 dias. Nosso caso não é tão extremo como pode ser visto observando o gráfico que mostra como nossa umidade tem variado ao longo do dia tendo alguns picos ultrapassando o valor ideal. Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que a umidade relativa do ar ideal seja a partir de 60%, com os índices entre 20% e 30% o estado de atenção deve ser declarado.

Gráfico retirado do Sistema de Monitoramento Climático  do Portal Clima

Com a baixa umidade a evapotranspiração também aumenta chegando a estar acima dos 5 mm em 13 dias do mês de agosto. A evapotranspiração de referência ainda não atingiu os valores mais elevados do ano, porém apresenta uma tendência de ascendente acompanhando a insolação que no mês passado (agosto) já apresentou a maior média mensal do ano.

Gráfico retirado do Sistema de Monitoramento Climático  do Portal Clima


Com o tempo seco e a vegetação, a insolação atingindo os níveis mais altos do ano e o solo perdendo grande quantidades de água constantemente ambiente fica propício às queimadas e mais ainda às doenças respitórias, sendo estas agravadas ainda mais por aquela  por aquelas. Clique aqui e veja alguns cuidados destacados pelo Bruno Felipe Reis da Silva.

Gráfico retirado do Sistema de Monitoramento Climático  do Portal Clima

Como pode ser visto no gráfico acima as médias mensais de umidade vem caindo e chegando ao patamar mais baixo do ano agora nesse mês de agosto.

Das cinco umidades mais baixas registradas em Ilha Solteira quatro ocorreram em setembro o que só aumenta a preocupação com o próximo mês, que se seguir a nossa tendência histórica, e o tempo continuar seco devemos nos preocupar, pois embora não estejamos na região mais crítica do país a situação inspira cuidados visto que este período de seca entre o final de maio e o começo de outubro, como pode ser visto na tabela que mostra a seca desde 1992, tem o seu momento mais crítico exatamente no mês de setembro, 4 das 5 menores umidades registradas pela estação de Ilha Solteira ocorreram neste mês.






Lembrando mais uma vez que a baixa umidade interfere diretamente na saúde da população, não deixe de acompanhar essa e as demais variáveis climáticas no PORTAL do Clima da AHI.

Deixe sua contribuição complementando nossas postagens ou deixando suas dúvidas.
Comente!

Fontes:
Portal CLIMA
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-08-31/df-em-estado-de-atencao-pela-baixa-umidade-do-ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário