Mês de Março se encerra com 60% acima da média historica em Ilha Solteira

Ilha Solteira encerra o mês de março com 60% de chuva acima da média histórica. De acordo com a Área de Hidráulica e Irrigação que monitora o clima da cidade e da região, a chuva acumulada no mês de março foi de 235 milímetros com uma diferença minima do ano de 2014 e quando comparada entre os últimos 5 anos, o ano de 2015 fica abaixo apenas do ano de 2011 que registrou 284 milímetros.


E o mês de março se foi, e com ele o verão e o que se espera é a diminuição do volume de chuvas. O Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira informa que "dos 171 mm históricos em março na região Noroeste Paulista, para abril, são esperados 78 milímetros e a expectativa é de que seja também um mês de chuvas acima da média, como o foi o mês de março, quando na região choveu 26% acima do esperado, com 216 mm e com isso igualando no acumulado dos três primeiros mês com o esperado para região, com o registro de um total de 544 mm, mas alguns municípios registraram chuvas abaixo do esperado, como por exemplo, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Itapura e Marinópolis".
"Chuvas intensas sempre preocupam, pois muitas das estruturas, tanto no campo, como nas cidades, não estão preparadas para receber um volume tão grande de água em tão pouco tempo. No campo, erosão é a consequência destas chuvas, levando ao assoreamento dos córregos e rios e nas cidades, inundações tornam-se frequentes", explica o Prof. Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, da UNESP Ilha Solteira, responsável pela Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista.

Acompanhe mais do nosso trabalho a partir de:
Skype: equipe-lhi
email: irriga@agr.feis.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário