Sistemas de drenagem utilizados na Copa do Mundo FIFA

Em época de Copa do Mundo, a agricultura irrigada está em destaque não só na escolha dos sistemas de irrigação mas também no tipo de drenagem. Assim, a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira expõe abaixo a importância de um bom sistema de drenagem. Confira!

O Sistema de drenagem é o responsável por coletar as águas de chuva e conduzirem para fora do campo do espetáculo em um dia de chuva intensa. O objetivo é retirar o máximo de água que cai sobre o gramado para que o jogo não seja prejudicado, em outras palavras, evitar o encharcamento do gramado. As drenagens de um estádio são dimensionadas para resistirem a uma chuva com tempo de retorno de 100 anos. Os sistemas podem ser convencionais ou a vácuo. Esse mesmo sistema de drenagem pode e deve ser utilizado no campo society do seu sítio ou fazenda.


Os sistemas mais aplicados são os de drenagem por gravidade por espinhas de peixe ou espinhas paralelas com a utilização de tubos perfurados. Os tubos podem ser “tubo dreno perfurado”, PEAD perfurado, ou até mesmo, manilhas de concreto perfuradas, dependendo do tamanho do campo e da capacidade de drenagem. Para um campo society o tubo dreno perfurado é a solução com melhor custo benefício. O diâmetro do tubo (DN) varia de 65mm a 150mm (tubo de 110mm atende a maioria das situações, mas não deixe de contratar um profissional habilitado para fazer o dimensionamento e emissão de RT (responsabilidade técnica).

Além da tubulação perfurada há outros itens importantes para o correto funcionamento do sistema de drenagem:
1. Camada de terra vegetal para plantio da grama (cerca de 10cm);
2. Camada de areia grossa + terra vegetal (cerca de 10cm). Essa permite a permeabilidade do solo, que a água penetre no solo em direção ao dreno;
3. Camada de brita 19mm, brita 1, ao redor do tubo dreno, envolvida por uma manta sintética geotêxtil tipo Bidim. A função da manta geotêxtil é auxiliar na filtragem e evitar o entupimento do dreno;

Esquema de drenagem em campo:

Drenagem Espinha de Peixe
O dreno espinha de peixe conduz toda a água de sub ramais de dreno para um ramal único que é ligado na rede de drenagem. Esse tipo de dreno consegue cobrir toda a área do campo e, além disso, trabalhar com menores profundidades. A declividade ideal é de 1%, assim não acumula água na rede. Se necessário pode-se trabalhar com 0,8% como declividade mínima, mas evite. Veja os dois esquemas:



 Drenagem Espinhas Paralelas
O dreno com espinhas paralelas também cobrem todo o campo mas, por terem maiores comprimentos, exigem profundidades maiores, mesmo com a declividade de 1%. Veja o esquema:



Problemas quando não é feito o sistema de drenagem corretamente:
Campo oficial de treinos na Copa do Mundo, o Estádio Bezerrão, no Distrito Federal, apresentou problemas na drenagem do campo cerca de dois meses antes da Copa. Após forte chuva, uma das laterais do campo ficou alagada, mostrando assim a ineficiência dos sistemas de drenagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário