Notícias da agricultura irrigada e dos recursos hídricos

"Crescimento em torno de 1%, com más notícias todo dia, não leva taça nem garante reeleição de ninguém." (Eliane Cantanhêde, Folha de São Paulo, 8 de julho de 2014, p.A.2.)

A semana foi de grande novidades e ações. A primeira boa notícia foi a publicação do esperado artigo na Acta Scientiarum "Distribution of the root system of peach palm under drip irrigation (Distribuição do sistema radicular da pupunheira irrigada por gotejamento", com a pupunha ganhando espaço e investimentos pode ser caracterizado como um artigo importante porque define qual a melhor lâmina de irrigação a ser aplicada e como se distribui suas raízes e assim também se pode definir adequadamente o programa de adubação a ser seguido para a máxima produtividade e reúne novamente nossos Orientados Adriano Lopes e José Alves Júnior e ainda Gabriel Oliveira.

No feriado fomos a São Paulo onde participamos da gravação no Canal Terraviva da Rede Bandeirantes de Comunicação do programa Terraviva Sustentável tendo o Jornalista Tobias Ferraz como âncora, sendo uma ótima oportunidade para conversar sobre irrigação, agricultura irrigada, recursos hídricos e conservação do solo e uso racional da água.

Preparação para a gravação.

Brincando enquanto se acerta a iluminação.

Trabalho encerrado, é hora de parabenizar o Jornalista Tobias Ferraz.


E teve o momento descontração também, visitando a produção do Pânico na Band!

Na sexta-feira, dia 11 de julho de 2014, também conhecemos a fábrica da RAESA em Araras onde fomos recebidos pelo Engenheiro Agrônomo Jaime Fonseca e pelo Diretor Marcelo Ferrero. Pudemos conhecer a fábrica e a estratégia técnico-comercial da empresa que tem nos tubos de alumínio a sua principal atividade em um sistema que a empresa denominou de "alas móveis".



Jaime Fonseca é um Engenheiro Agrônomo pelo qual tenho um carinho especial. Há pouco menos de 25 anos, eu estava em início de carreira e ele também. Jaime se deslocou do Rio de Janeiro para me mostrar os produtos da Simab, uma empresa nacional que começaria a produzir emissores para irrigação localizada e ele acreditou que este Professor poderia ser útil em sua estratégia de divulgação e comercialização dos produtos. Era uma época em que a importação era fechada e os custos dos materiais para irrigação localizada muito elevados. Digo apenas, obrigado pela amizade construída e principalmente, por acreditar  no potencial daquele jovem Professor.

A fundição. Desde "caldo" sairá uma peça.

Hora da discussão técnica-comercial e abaixo, a pausa para a foto!


Pod Irrigar - A pupunheira e o seu sistema radicular
A produção de palmito obtido a partir de pupunheiras é uma das opções para se diminuir os riscos de extinção das palmeiras nativas do país e atender a demanda crescente desse produto no mercado. Chegou ao noroeste paulista através da UNESP Ilha Solteira, que realizou diferentes pesquisas a partir da sua introdução, envolvendo questões edafoclimáticas da região no seu desenvolvimento, determinação das exigências hídricas e o manejo econômico da irrigação, uso de fertirrigação e ainda a utilização de resíduos do processamento de palmito na alimentação animal. Antes, foi na UNESP Jaboticabal através do colega José Roberto Moro que as pesquisas se iniciaram e foi ele o grande incentivador para trazermos ao oeste paulista a cultura da pupunha.
Nos nossos estudos ficou claro que seria muito temerário o cultivo sem o uso da irrigação. Nossos oito meses de déficit hídrico sobre uma planta que exibe o seu palmito com mais de 90% de água e sobre um sistema radicular raso e portanto frágil, não suportaria uma produtividade elevada.
Esta semana foi publicada na Acta Scientiarum o artigo "Distribuição do sistema radicular da pupunheira irrigada por gotejamento", sendo um artigo importante porque define qual a melhor lâmina de irrigação a ser aplicada e como se distribui suas raízes e assim também se pode definir adequadamente o programa de adubação a ser seguido para a máxima produtividade. O artigo tem como autores Adriano Lopes, Fernando Hernandez, José Alves Júnior e Gabriel Oliveira.
O conhecimento da profundidade efetiva do sistema radicular de uma cultura é indispensável para a definição do sistema de irrigação, da lâmina de projeto e ainda do correto manejo de irrigação.
Nas condições do noroeste paulista a pupunheira adulta, em plena produção e cultivada em um Argisolo apresentou uma profundidade efetiva do sistema radicular de no máximo 30 centímetros, tem suas raízes espalhadas por toda área entre as plantas, tanto na linha, como na entrelinha e portanto, o manejo da irrigação deve ter um turno de rega frequente, se possível diário e deve se ter atenção na escolha do espaçamento do emissor, sendo que quanto mais arenoso for o solo menor deve ser e ainda se trabalhar com emissores de menor vazão, aumentando-se o tempo de irrigação, ou de oportunidade para a formação de um bulbo úmido no solo horizontal ao invés de vertical. Este foi o tema do Pod Irrigar - o Pod Cast da Agricultura Irrigada desta semana. Ouça também os anteriores.

Para saber mais
O trabalho "Distribution of the root system of peach palm under drip irrigation" com os autores Adriano da Silva Lopes, Fernando Braz Tangerino Hernandez, José Alves Júnior e Gabriel Queiroz de Oliveira foi publicado na Acta Scientiarum, Maringá, v. 36, n. 3, p. 317-321, July-Sept., 2014 ou   http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/16281

Agricultura - Cana
A moagem de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do País atingiu 44,05 milhões de toneladas na segunda quinzena de junho de 2014. Com isso, o volume processado no mês alcançou 85,59 milhões de toneladas, crescimento de 31,57% em relação ao valor registrado em junho de 2013 (65,06 milhões de toneladas). O diretor Técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Antonio de Padua Rodrigues, explica que “a comparação dos dados apurados em junho deste ano com aqueles verificados em 2013 deve ser feita com cautela, pois a condição climática nesses dois períodos foi muito distinta”. “Em junho do último ano, as chuvas intensas e o aumento no número de dias parados pelas usinas impactaram severamente a colheita. Nesse ano, entretanto, o cenário foi oposto: o clima seco praticamente não gerou qualquer interrupção das atividades de colheita da cana”, afirmou o executivo. No acumulado desde o início da safra 2014/2015 até 1º de julho, a moagem alcançou 202,94 milhões de toneladas, contra 182,74 milhões de toneladas no mesmo período do ano anterior (expansão de 11,05%).


Economia
Eliane Cantanhêde que escreveu antes da bola começar a rolar: "Crescimento em torno de 1%, com más notícias todo dia, não leva taça nem garante reeleição de ninguém." Acertou na "taça", ou na falta dela.

Vamos aos fatos: as montadoras passam a prever queda de 10% na produção em 2014, o México já supera Brasil no ranking global de produção de automóveis este ano, em meio às dificuldades de produzir no Brasil e de exportar mercadorias, a fabricante de sapatos Paquetá estuda ampliar seu parque fabril na República Dominicana a partir do próximo ano, o brasileiro poupa menos no 1º semestre, a inflação deve bater em teto da meta hoje - pelo relatório Focus, IPCA em 12 meses até junho chega a 6,47% e o governo espera 6,5% - e o Governo não prevê medidas no curto prazo. Enquanto o saldo da Copa mostra que das 167 intervenções (obras) anunciadas, 88 foram concluídas, 45 estão incompletas, 23 serão inauguradas após a Copa e 11 foram abandonadas e assim, a Folha em seu Editorial "Estagnação sem futuro" ressalta que a "economia reduz ritmo de crescimento sem que sejam feitos, como contrapartida, ajustes necessários à retomada de ciclo ascendente" e termina assim "... Infelizmente, as providências necessárias a fim de administrar tais situações têm seu custo. Mas, se levadas a bom termo, carreiam bônus, a oportunidade de retomada, ao menos de entrada em um novo ciclo ascendente."



Escassez e uso da água


Armazenagem - Logística

Aprendendo sempre

Empreendedorismo

Carreira


Entretenimento - Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário