Depois do dia mais quente do ano, chove em Ilha Solteira


Depois de vir registrando altas temperaturas e na última quinta-feira (18), atingir 38,8 º C - a temperatura mais alta do ano -  voltou a chover  mais de 10mm em Ilha Solteira depois de 55 dias sem chuva representativa. De acordo com a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, a cidade vem marcando altas temperaturas desde agosto.
A esperança era que as boas chuvas chegassem na sexta-feira (19), com o céu nublado, Ilha Solteira foi tomada por fortes ventos que atingiram 55 Km/h e, mais uma vez, causaram transtornos na cidade como a queda de energia e quebra de galhos. 
No entanto, foi no sábado (20) que realmente a chuva apareceu. Com uma precipitação de 10,16 mm, ventos de 28,26 hm/h, a umidade relativa do ar elevou variando de 75,77% á 99,9% no momento da chuva. A cidade marcou temperaturas amenas, quando comparadas aos últimos dias, a temperatura máxima registrou 25,41ºC e a temperatura mínima registrou 20,52º C.

Além das altas temperaturas, Ilha Solteira vem registrando baixa umidade do ar (UR). Segundo a OMS (Organização Mundial da saúde), o nível abaixo de 12% é considerado de emergência, 12% a 20% alerta, 21% a 30% de atenção,  31% a 40% de observação. A umidade do ar varia muito durante o dia e durante o ano, no entanto devemos ficar atentos,pois as consequências são complicações alérgicas e respiratórias, sangramento no nariz, ressecamento na pele, entre outros. A dica é: tomar bastante líquido, evitar atividades físicas em horários que a umidade esteja baixa e umidificar o ambiente, seja com o aparelho umidificador de ar, toalha molhada ou até mesmo com balde de água.




Acompanhe diariamente o tempo no Noroeste Paulista no Canal CLIMA DA UNESP Ilha Solteira em: http://clima.feis.unesp.br/index.php
Mais informações sobre Agricultura Irrigada no Canal de CONTEÚDO da Área de Hidráulica e Irrigação em: http://www.agr.feis.unesp.br/irrigacao.php .

Nenhum comentário:

Postar um comentário