Chuva forte inicia período chuvoso

E foi por volta das 15 horas desta última quarta-feira, 1° de outubro de 2014, que em uma hora em Ilha Solteira choveu 47,2 milímetros da esperada chuva. Mesmo que insuficientes para "apagar" a crise que é vivenciada em vários Estados brasileiros. A expectativa era de mais chuva porque em agosto nada choveu e em setembro em Ilha Solteira choveu 61 mm, muito próximo da média histórica esperada de 67 milímetros. Segundo o Professor Fernando Tangerino "com a crise por água, desejávamos que se repetisse o ano de 2009 quando recebemos 183 mm em setembro, afinal, estamos no acumulado anual com apenas 90% do esperado com 761 mm".


Por um lado, ao iniciar outubro com chuva, a elevada intensidade trouxe transtornos e prejuízos para as pessoas, empresas e cidades. "Talvez esteja ai um dos grandes desafios climáticos atual: desenvolver resiliência necessária para enfrentar os extremos cada vez mais frequentes" analisa o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez coordenador da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha solteira.que também abordou o tema no Pod Irrigar - O Pod Cast da Agricultura Irrigada - esta semana.


Entre 15:00 e 16:10 horas foi registrado um total de 47,2 milímetros de chuva em Ilha Solteira, os ventos chegaram a uma velocidade de 33,12 Km/h e a temperatura voltou a ficar amena na cidade tendo uma média de 25,9°C. Avenidas, ruas e casas foram alagadas. Segundo o jornal Online Ilha de Notícias, o trânsito chegou a ser interrompido pela Guarda Municipal, alguns motorista usaram a ciclovia para fugir da enxurrada.

(Foto Divulgada pelo Jornal Online Ilha de Notícias)

O problema foi a intensidade da chuva e a mudança da direção do vento. Até as 15:15 horas o vento era de sudoeste e a chuva estava com uma intensidade de 6 mm/hora subindo para 40 mm/horas, mas as 15:20 horas o vento passou a ser de sul, quando a chuva atingiu a máxima intensidade, chegando a 182 mm/hora, caindo para 103 e depois 67 mm/hora (15:30 horas) quando foi perdendo intensidade.

O Laboratório de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha Solteira foi uma das vítimas da chuva intensa e a Equipe que trabalhava no local foi surpreendida por por várias goteiras e até o desmoronamento do forro, após as calhas não suportarem a vazão e assim, toda a estrutura de trabalho foi afetada, como ilustra as imagens.




 

Lamentavelmente foi interrompido o serviço prestado pelo Canal CLIMA da UNESP Ilha Solteira, por onde o Internauta pode acompanhar o que acontece com as condições do tempo com atualização a cada cinco minutos a partir dos dados coletados pela Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista.

Pod Irrigar
A Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha solteira mantem vários canais de comunicação baseadas na Internet visando a democratização do conhecimento e da informação. Um dos canais é o Pod Irrigar - o Pod Cast da Agricultura Irrigada - onde semanalmente o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez em três minutos faz uma explanação sobre algum tema relevante ligado à agricultura irrigada, agroclimatologia ou recursos hídricos.

Acompanhe mais o trabalho da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha solteira a partir de:
Skype: equipe-lhi
Email: irriga@agr.feis.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário