Retrospectiva 2014

A menos e três dias para encerrar o ano de 2014, a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira fez uma retrospectiva do que foi noticia.

Em um cenário com a maior crise hídrica já enfrentada, mudanças foram acompanhadas de perto por setores estratégicos da economia, como energia e agricultura. Depois do janeiro mais quente de toda a história do noroeste paulista e ainda com o menor volume de chuvas caindo, a maior crise por água seguiu produzindo restrições, perdas e mexendo com toda a sociedade. Marcado também por ano eleitoral, cerca de 115 milhões de brasileiros foram as urnas decidir o futuro do Pais. A UNESP Ilha Solteira enfrentou a maior greve da historia, foram 117 dias de paralisação.


Para a Área Hidraulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira foi um ano de muitos desafios e trabalhos. Em Fortaleza aconteceu II INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING que reuniu 66 especialistas e teve como objetivo discutir quais as necessidades, os meios e tecnologias apropriadas para aumentar ainda mais a eficiência produtiva e do uso da água para a geração de riquezas e assim promover o desenvolvimento sócio-econômico de regiões inteiras a partir do uso dos sistemas de irrigação, a UNESP Ilha Solteira esteve presente em todas as edições deste evento.






Do noroeste paulista paulista para a Europa onde a UNESP Ilha Solteira marcou a primeira presença nas conferências SPIE Remote Sensing, o principal evento do sensoriamento remoto mundial, pesquisadores do mundo inteiro se reuniram para trocar experiência e apresentar os seus resultados de pesquisa.




O Professor Dr. Fernando Tangerino Braz Hernandez coordenador da Área de Hidráilica e Irrigação da UNESP de Ilha Solteira ministrou o curso sobre "Fertirrigação de fruteiras" no XXIII Congresso Brasileiro de Fruticultura em Cuiaba - Mato Grosso. E a fim de provocar maior difusão sobre o assunto irrigação de cana, o GIFC, realizou o IRRIGACANA -1º Seminário Brasileiro de Irrigação de Cana-de-Açúcar com Água que teve como tema: “O Manejo da água direcionado para o aumento da produtividade da Cana-de-Açúcar e recuperação do setor sucoenergético no Brasil” no qual o Professor também esteve presente como palestrante.
Varias entrevistas foram cedidas pelo Professor Dr. Fernando Tangerino Braz Hernandez, entre elas, ao Canal Terraviva da Rede Bandeirantes de Comunicação do programa Terraviva Sustentável tendo o Jornalista Tobias Ferraz como âncora, falando sobre irrigação, agricultura irrigada, recursos hídricos e conservação do solo e uso racional da água e para TV Tem que veio ao Laboratório de Hidráulica e Irrigação afim de obter informações relacionadas à escassez de água que afeta a nossa região.


O 1° de outubro de 2014, que em uma hora em Ilha Solteira choveu 47,2 milímetros da esperada chuva. Mesmo que insuficientes para "apagar" a crise vivenciada em vários Estados brasileiros, O problema foi a intensidade da chuva e a mudança da direção do vento, o Laboratório de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira foi uma das vítimas da chuva intensa e a Equipe que trabalhava no local foi surpreendida por por várias goteiras e até o desmoronamento do forro, após as calhas não suportarem a vazão e assim, toda a estrutura de trabalho foi afetada.






Já próximo do Natal as atividades não pararam. A confraternização de fim de ano foi precedida da apresentação dos números do projeto PROEX - Planejamento e Gerenciamento Hidroagrícola e Ambiental feita pelos Bolsistas PROEX que cuidam do dia a dia da comunicação da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha solteira, com a colaboração de todos os demais Orientados do Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, que mantem a tradição de trabalhos cooperativos em diferentes direções do conhecimentos, mas interligados pelos sistemas de irrigação e agroclimatologia formando a agricultura irrigada, que tantos benefícios sócios-econômicos traz devidos aos seus efeitos multiplicadores.


Nos dias 18 e 19 de dezembro de 2014 se reuniram em Brasília os Pesquisadores da UNESP, da EMBRAPA, da ANA e o Diretor Científico do Instituto Water for Food para a primeira reunião do Projeto GeoBacias quet tem financiamento do CNPq. Ainda durante a reunião o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez gravou a edição do Pod Irrigar - o Pod Cast da Agricultura Irrigada - e relatou que "o grupo de Pesquisadores uniformizaram procedimentos e estabeleceram o cronograma de trabalho em que em 2015 usarão geotecnologias para quantificação de variáveis hídricas em bacias hidrográficas com mudança do uso da terra. Na prática, usaremos satélites e estações agrometeorológicas para estimar e promover o uso eficiente da água, tendo a produtividade da água como métrica, ou seja, quanto de água usarão nossos agricultores para produzir uma certa quantidade de alimentos." E ainda destacou a importância do projeto "... porque une e avalia as condições do uso da água em diferentes biomas, estando contempladas as bacias do Médio São Francisco que drena suas águas para a região semi árida do pólo Juazeiro-Petrolina, as bacias do rios Preto e São Mateus que abrigam 90 mil hectares irrigados e tem uso conflitivo pela água com a Hidrelétrica de Batalha e a região noroeste paulista onde a UNESP está inserida e que irrigantes e aquicultores foram muito afetados pelo baixo nível de água dos rios Tietê e Paraná. O Rio São Marcos é um dos principais afluentes da margem direita do Rio Paranaíba, que formará com o Rio Grande, o Rio Paraná, onde trabalhamos."


“Para a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira nada é mais claro e eficaz, do que unir a necessidade de informação dos irrigantes - seu foco principal - e da população em geral, ao uso da Internet, esta que é a principal ferramenta utilizada para a democratização da informação, de forma livre e gratuita.”

Desejamos a todos que acompanham nosso trabalho ótimas festas de Ano Novo, e que 2015 seja um excelente ano, repleto de trabalhos, desafios e metas cumpridas.

Veja todo o trabalho da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha solteira a partir de:
Skype: equipe-lhi
Email: irriga@agr.feis.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário