Atenção da mídia por questões hidro-ambientais no Noroeste Paulista

 Estamos a poucos dias  do inicio da nossa próxima participação em um evento, o INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING que será realizado em Fortaleza/CE nos dias 31/08 a 03/09 de 2015. A maior parte da equipe da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira estará presente com seus respectivos trabalhos. O Prof Dr. Fernando Braz Tangerino irá compor a 6ª Mesa redonda no dia 02/09 que consta como tema "Utilização da FAO 56 no Brasil e na América do Sul. Nessa semana estaremos disponibilizando resumos sobre os trabalhos que serão apresentados no III Inovagri, não deixem de conferir. Este trabalho é do estagiário Paulo Henrique Pissolito  sobre " Atenção da Mídia por Questões Hidro-ambientais no Noroeste Paulista."

O trabalho é baseado no projeto de extensão universitária "Planejamento e Gerenciamento Hidroagrícola e Ambiental", o trabalho refere-se ao aumento da atenção e da procura da mídia por questões hidro-ambientais no Noroeste do estado de São Paulo ao longo de 10 anos.
 O objetivo deste trabalho foi analisar o crescimento do  interesse dos meios de comunicação no período corresponde  aos anos de 2005 até 2014. Os eventos climáticos foi o tema que mais despertou o interesse da imprensa nesse período, sendo responsável pela maior parte das publicações , com uma média de 109 publicações anuais.O tema irrigação foi outro tema cogitado pela imprensa com 18 publicações em média neste mesmo período. O gráfico abaixo demonstra a quantidade de publicações ao longo destes 10 anos, sobre os temas clima e irrigação. 

A Área de Hidráulica e Irrigação UNESP Ilha Solteira no ano de 2005 registrou 84 publicações por revistas e jornais seguidas pelas mídias online com 11 publicações e emissoras de televisão com 2 publicações.

Já em 2014 a maior procura  por informações hidro ambientais foi pela mídia online que mencionou a Área de Hidráulica e Irrigação 90 vezes e enquanto em jornais e revistas 61 publicações e emissoras de televisão com 4 reportagens e 1 entrevista em rádio. 
Concluiu-se então que no período de 2005 a 2014 os meios de comunicação deram mais atenção por questões hidro ambientais, isso evidenciou uma maior atenção nos diferentes meios de comunicações.
Em 2014, intensificou-se as publicações que se tratam das questões hidro ambientais com predominância os eventos climáticos seguido pela agricultura irrigada. 


Confira o trabalho completo acessando:

Nenhum comentário:

Postar um comentário