Em 13 dias a média de chuva acumulada em outubro de 2015 já representam aproximadamente 50% da média histórica

Ainda não estamos na metade do mês de outubro e de acordo com a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira que monitora o clima da cidade e região a chuva já atingiu parte do noroeste paulista acumulando quase metade da média histórica esperada para o mês de outubro.

O município de Populina foi onde registrou o maior acumulo de precipitação, com aproximadamente 55 milímetros sendo esperado de acordo com a média histórica 69 milímetros, ou seja, já se tem 80% do volume esperado. Em seguida a cidade de Ilha Solteira registra o segundo maior volume até agora no mês de outubro, com 41 milímetros de chuva acumulada, sendo que a média histórica é de 110 milímetros.

Todos os municípios monitorados pela  Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista já ultrapassaram os 14 milímetros de chuva.


A média em 2015 já representa quase 50% da média histórica em apenas 13 dias, contudo em Marinópolis choveu apenas 14 milímetros atras dos 68 milímetros esperados de acordo com a média histórica em outubro e em contraste com Paranapuã acumula 38 milímetros - atrás dos 78 milímetros esperados - que é apenas 220 km de distância aproximadamente.

Com isso, as temperaturas diminuíram registrando a menor média de 25,6º C na estação Santa Adélia localizada em Pereira Barreto e a maior média no município de Paranapuã com 26,4º C. 



Valores alto de temperatura do ar, condicionada com uma alta radiação,com uma umidade média do ar baixa, trazem o valor da evapotranspiração para valores superiores aos esperados de 4 a 6 mm/dia. No município de Paranapuã, a evapotranspiração foi de 4,5 mm/dia, a maior de todo o Noroeste Paulista.


Conheça mais sobre a AHI da UNESP Ilha Solteira e interaja conosco a partir de:
Acompanhe todo o trabalho da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha solteira a partir de:
Skype: equipe-lhi
Email: irriga@agr.feis.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário