Altas temperaturas e evapotranspiração marcam a semana passada em todo noroeste paulista

De acordo com a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira que monitora o clima da região, a semana passada foi marcada por altas temperaturas e evapotranspiração em todo noroeste paulista. 
Parte dos municípios monitorados Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista vem ultrapassando a temperatura de 39 °C desde a ultima quarta feira (14).

As cidades que ficam a direita do Rio São José dos Dourados registraram temperatura mais quente do ano de 2015. O município de Marinópolis que tinha chegado a maior temperatura do ano com 39 °C na quinta feira (15), marcou na sexta feira (16) 40,6° C. As cidades de Populina e Paranapuã registraram 40,1 e 40,2 °C respectivamente na sexta feira.

No município de Ilha Solteira os termômetros chegaram a 40,4°C  na sexta feira (16) porem não foi maior que a temperatura de 40,8°C registrada no mês de janeiro. Sud Mennucci a temperatura máxima foi de 40,3°C não ultrapassando, por pouco, a temperatura mais alta do ano registrada também no mês de janeiro com 40,7°. As duas estações localizadas no município de Pereira Barreto não registraram temperaturas maiores que 40°.

O Sábado registrou a temperatura mais alta do ano, com 41,3°C em Populina (superando o dia anterior). Os demais municípios registraram temperaturas elevadas, destacando os municípios  Marinópolis com 41,2 °C seguida a cidade de Pereira Barreto na estação Santa Adélia com 40,2°C, Bonança com 39,4 e Ilha Solteira com 39,2 ºC .



Os valores altos de temperatura do ar, radiação, e umidade média do ar baixa, trazem o valor da evapotranspiração para valores superiores aos esperados de 4 a 6 mm/dia, como é o caso do ocorrido no ultimo domingo (18/10) para segunda (19/10) no município de Pereira Barreto na estação Santa Adélia que registou 8,2 mm/dia, seguido de Paranapuã e Marinópolis com 6,6 mm/dia em ambos. Ilha Solteira registra a menor evapotranspiração do domingo com 5,5 mm/dia. A elevada evapotranspiração, na maioria das vezes não compensada pelas chuvas, faz com sejam observados na região noroeste paulista, altos valores de déficit hídrico nos solos.



Conheça mais sobre a AHI da UNESP Ilha Solteira e interaja conosco a partir de:
Acompanhe todo o trabalho da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP de Ilha solteira a partir de:
Skype: equipe-lhi
Email: irriga@agr.feis.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário