RETROSPECTIVA 2015: O ano em que a crise se tornou oportunidades


Mais um ano que se encerra e a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira selecionou o que foi destaque em agricultura irrigada, clima, participações em: congressos, palestras, eventos e muito mais durante todo o ano de 2015.

A crise hídrica que foi destaque em 2014 se prolongou durante todo esse ano e não deixou de ser destaque e a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira representada pelo seu Coordenador, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez foi convidada a participar de diversas entrevistas que recorreram a opinião do Professor, onde reforçou a convicção de que é no e do campo que sairá a solução a médio e longo prazo para o problema da água ou a garantia da segurança hídrica.



Uma das saídas de campo para manutenção da Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista, onde sensores são conferidos, assim como todo o sistema em cada Estação. Quando todas as estações devem ser percorridas a Equipe sai muito cedo - retornando já de noite - pois serão percorridos entre estradas asfaltada e de terra 440 km, consumindo em torno de 7 horas dentro do veículo.

Recebemos várias visitas, entres elas a de todos os alunos que compõem a Ramo da Terra, a Empresa Júnior do curso de Engenharia Agronômica da UNESP Ilha Solteira, Engenheiro Agrônomo João Lellis - Gerente de Vendas da Divisão de Consultoria Agronômica da Metos Brasil, alunos do quinto período de Graduação do curso de Engenharia Agronômica da UNESP Dracena, os alunos da Faculdades Integradas de Três Lagoas (AEMS) e também os alunos do curso Técnico de Meio Ambiente da ETEC Ilha Solteira.
Em 15 de junho de 2015 - a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira recebeu os alunos do curso Técnico de Meio Ambiente da ETEC Ilha Solteira, complementando as informações da disciplina de "Poluição atmosférica e mudanças climáticas"

Em comemoração ao Dia Internacional da Água o programa TerraViva Sustentável teve uma edição especial que teve como tema a oferta e uso da água na agricultura e que foi ao ar em 21 de março de 2015. Sob a moderação do experiente Jornalista Tobias Ferraz na bancada estavam os diferentes atores que fazem a produção de alimentos acontecer com maior eficiência e produtividade da água através dos sistemas de irrigação (Ensino, Pesquisa, Extensão, Produtor de Alimentos e Fabricantes de Esquipamentos, juntos pelo mesmo objetivo, qual seja, a produção de alimentos para a população).

Engenheiros Agrônomos Fernando Braz Tangerino Hernandez, José Carlos Rossetti e Priscila  Silvério Sleutjes e o Engenheiro Agrícola Antonio Alfredo Teixeira Mendes participam do Programa Terra Viva Sustentável com o Jornalista Tobias Ferraz no canal Terra Viva em 20 de março de 2015.

O programa "Nosso Campo" da TV Tem, filiada rede Globo, exibiu uma reportagem no dia 21 de março de 2015 que abordou a importância da economia e o reúso da água na agricultura e Prof. Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, participou desta reportagem falando da importância do conhecimento da evapotranspiração para o irrigante e falou sobre o SMAI (Sistema para o Manejo da Agricultura Irrigada) desenvolvido pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, que se encontra na versão 2.0 e a matéria destaca "Evapotranspiração: antes de acionar a irrigação é importante calcular a evapotranspiração de cada cultura, diariamente. Com isso é possível saber o volume exato de água que deve ser recolocado no campo. Para conhecer o valor é preciso medir as chuvas e a temperatura na área de cultivo todos os dias. A Universidade Estadual Paulista (UNESP) disponibiliza um aplicativo que pode ajudar e está disponível em http://clima.feis.unesp.br/smai".

Março foi um mês de intensa atividade e a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira também organizou o 19ª Encontro do GIFC (Grupo de Irrigação e Fertirrigação de Cana-de-açúcar), realizada em parceria com o DEFERS - Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos, que teve como tema "CLIMA, ÁGUA, IRRIGAÇÃO E PRODUTIVIDADE EM CANA". com palestras de profissionais ligados à atividades tema. O objetivo foi debater o uso da água no atual cenário climático e os seus impactos na produção agrícola do País.


Em abril, a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) promoveu o primeiro módulo de capacitação de seus extensionistas para a orientação dos produtores rurais em técnicas de irrigação. O primeiro curso foi realizado na CATI Regional Bragança Paulista e teve o objetivo de preparar os Técnicos do órgão sobre como avaliar as propriedades do agricultor quanto ao tipo de irrigação aplicada. A proposta foi de levar o cursos em outras Regionais e lá estava o Prof. Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez como Instrutor que explicou a importância de se unir o conhecimento acadêmico junto aos trabalhos desempenhados pela extensão rural: “Existe um distanciamento entre a universidade e a extensão rural e isso não pode ocorrer, especialmente no setor agrícola. É uma enorme satisfação poder conversar com os extensionistas da CATI, que possuem um papel fundamental, pois está presente em todos os municípios paulistas. Trazer o que estamos produzindo na universidade, o que vivenciamos no campo e interagir com quem está dia após dia com o produtor é muito importante também porque retroalimenta a nossa percepção do que devemos pesquisar e fazer dentro do meio acadêmico. A universidade está alicerçada no tripé: ensino, pesquisa e extensão”. O Engenheiro Agrônomo da CATI Regional Butucatu Júlio César Thoaldo Romeiro deu continuidade a este treinamento. Este evento rendeu oito edições no [Pod Irrigar] - o Pod Cast da Agricultura Irrigada em que os Técnicos participantes destacaram a importância dos temas abordados, tendo o Jornalista Renato Coelho se deslocado até Bragança Paulista para fazer o [Pod Irrigar Especial].

Ainda em abril, parte da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira esteve em João Pessoa - PB para a participar do XVII SBSR - Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, que acontecendo a cada dois anos, é o maior evento desta área do conhecimento na America Latina e pesquisadores e estudantes de diferentes países para apresentarem seus trabalhos e interagir com as novidades técnico-científicas ligadas ao uso de imagens de satélite e áreas afins. Participamos com a apresentação de artigos técnicos-científicos que versaram sobre técnicas de geoprocessamento, que incluem o sensoriamento remoto e o sistema geográfico de informação.


Maio tivemos a ilustre visita do Jornalista da revista National Geographic Brasil, Marcio Pimenta, no Laboratório de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira onde foram tratados o tema sobre a instabilidade das chuvas, a crise hídrica e as consequências para a agropecuária no noroeste paulista. E fizemos o encerramento da Semana do Meio Ambiente do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul em Três Lagoas - MS onde o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez proferiu a palestra "Criando resiliência a partir da crise da água".


Ao final o Professor recebe os agradecimentos e o Certificado entregue pelo Diretor do IFMS Márcio Teixeira Oliveira e ladeados por alguns Professores do Instituto e parte dos Orientados da UNESP Ilha Solteira.
Debatedores e organização do I debate Sobre a Crise Hídrica.
Aconteceu no dia 22 de julho UNESP Ilha Solteira o I Debate Sobre a Crise Hídrica. Promovido pelo IEEE - WIE. O evento contou com a participação dos Professores Fernando Braz Tangerino Hernandez, Carlos Alberto Canesin, Jefferson Oliveira e Edson Lazarini que atuou como Moderador. O objetivo do debate foi motivar nossos alunos a transformar a crise em oportunidades profissionais.

Agosto se iniciou com a participação no XXIX Congresso Brasileiro de Agronomia em Foz do Iguaçu onde o Professor Dr Fernando Braz Tangerino Hernandez proferiu a palestra "Os recursos hídricos brasileiros - potencial de uso e a necessidade de profissionais habilitados".


Alem das aulas praticas, como: linhas de irrigação por aspersão semi-fixa, qualidade e disponibilidade de água em microbacias hidrográficas e sistemas de filtragem, em 22 de agosto de 2015 - o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Heznandez juntamente com a Professora Dr. Aparecida Conceição Boliani e os alunos das disciplinas de Irrigação e Drenagem e Fruticultura da UNESP Ilha Solteira participaram de uma visita técnica na Frutas Scholl, onde acompanhados dos Engenheiros Agrônomos também da Irrigaterra participaram tiveram a oportunidade de participar de uma atividade multidisciplinar que visou aprofundar os conhecimentos sistemas de irrigação, especialmente o pivô central e o gotejamento que viabilizaram uma das experiências inovadoras na produção de citros e mamão e que acontece na nossa região.

Algumas fotos que ilustram os momentos da visita técnica na Frutas Scholl

A primeira semana de setembro de 2015 foi uma daquelas extremamente especiais! No campo profissional participamos do III Inovagri International Meeting onde pudemos expor parte dos nosso trabalho à uma ampla comunidade técnico-científica com profissionais brasileiros e de diferentes partes do mundo. Cinco dos Orientados atuais e outros que já estiveram na Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira puderam desfrutar do que há de mais moderno em agricultura irrigada atualmente em vários países. Durante quatro dias quarenta palestrantes de Brasil e de vários outros países se revezaram no palco para compartilhar suas experiências profissionais, que devido ao tempo restrito não temos condições de abordar todos os temas discutidos. Mas o III Inovagri Meeting dedicou grande parte da sua programação ao uso da água em tempos de crise hídrica no Brasil.

Na foto, todos os especialistas que discutiram como aumentar ainda mais a eficiência produtiva e do uso da água para a geração de riquezas e assim promover o desenvolvimento sócio-econômico de regiões, Estados e do país, alicerçado pelos sistemas de irrigação.

inovagri set 2015 (21)
Na foto, a equipe da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira durante o III INOVAGRI Meeting 

E para finaliza setembro, aconteceu o IrrigaShow 2015 - promovido pela ASPIPP - em Campos de Holambra, município de Paranapanema, Estado de São paulo onde o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez proferiu a palestra "Manejo da Irrigação no Contexto da Crise Hídrica: necessidade ou obrigatoriedade?" que defendeu o aprofundamento dos controles por parte dos irrigantes na aplicação da água para a produção de alimentos.


Lineu Neiva Rodrigues (Embrapa) defendeu a "Contribuição da Irrigação para Produção Sustentável de Alimentos" e também na foto, Márcio (Amanco) e Leandro Preuss  (Lindsay) e o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, "A importância do manejo da irrigação no contexto da crise hídrica".



O mês de outubro foi caracterizado por elevadas temperaturas no Noroeste Paulista. As cidades que ficam a direita do Rio São José dos Dourados registraram temperatura mais quente do ano de 2015. O município de Marinópolis que tinha chegado a maior temperatura do ano com 39 °C na quinta feira (15), marcou na sexta feira (16) 40,6° C. As cidades de Populina e Paranapuã registraram 40,1 e 40,2 °C respectivamente na sexta feira. E a umidade relativa do ar ficou abaixo do ideal e consequentemente altos valores de evapotranspiração foram superiores aos esperados de 4 a 6 mm/dia durante o mês. A Organização Mundial de Meteorologia comenta que o ano de 2015 é o mais quente nos últimos 5 anos (2011-2015). Essas condições são favorecidas pelo fenômeno El Niño e pelas ações antrópicas em escala local e global na emissão de gases de efeito estufa.

Em novembro foi a vez do XXV CONIRD - Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem, evento tradicional da área, que teve como tema a "Agricultura irrigada no semiárido brasileiro" e a ABID - Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem fez parceria é com o Estado de Sergipe e nesse trabalho em favor do desenvolvimento da agricultura irrigada, que tanto pode impulsionar diversas cadeias de negócios em Sergipe, no Semiárido e no Brasil, os congressistas foram recebidos na Universidade Federal de Sergipe (UFS), que coordenou também o Comitê Científico do XXV CONIRD. Entre as Oficinas, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino coordenou a de "Pastagens e forrageiras irrigadas para corte, milho irrigado para a produção de grãos e silagem" junto com o Professor Dr. Raimundo Rodrigues Gomes Filho e o apoio na logística de Débora Thalita Brito de Oliveira.

E dezembro chegou para encerrar o ano com chave de ouro nas atividades realizadas pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira

Assim, Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira promoveu no dia 4 de dezembro de 2015 o curso Inovações Tecnológicas Aplicadas ao Manejo da Irrigação, tendo como público-alvo irrigantes, Engenheiros, Técnicos em agricultura irrigada e ainda estudantes. Durante cinco horas os setenta e dois participantes conheceram a infra estrutura de apoio aos irrigantes e demais profissionais ligados à agricultura irrigada e ao meio ambiente e fizeram na prática os cálculos que levam o irrigante a decidir pela aplicação da água no momento e na quantidade certa às diferentes culturas.


Após os trabalhos na parte da manhã, as empresas Irrigaterra, Lindsay e NaanDanJain proporcionaram o momento de descontração, ou de recompensa pelo trabalho executado anteriormente, convidando a todos para um almoço que ainda teve os músicos ilhenses Hugo BrasaRock e Vitor Yuki mostrando as competências no violão e guitarra.

E no último dia 11 de dezembro de 2015 o coordenador da Área de Hidráulica e Irrigação, Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez encerrou o curso de extensão em Gerenciamento dos Recursos Hídricos que teve a coordenação do Prof. Dr. Jefferson Nascimento de Oliveira, quando em dois períodos foi abordado temas sobre o uso da água na agricultura.

Em 12 de dezembro de 2015 aconteceu a tradicional confraternização de fim de ano da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, momento de descontração e muita risada. Também agradecemos a Regina Cubo que colocou na mesa algumas das suas especialidades culinária, além do carinho e arrumar tudo previamente, cabendo à nós desfrutarmos de tudo.

"Lá se foi mais um ano e 2015 realmente não deixará saudades. A crise hídrica se alongou, as condições políticas e econômicas do país pioraram e ao chegarmos em dezembro, até mesmo a agropecuária que vinha sendo o setor a apresentar resultados positivos fechou o trimestre também no negativo. A safra que está em campo sente a falta das chuvas nas principais regiões produtoras de grãos, o que reforça a necessidade dos investimentos em agricultura irrigada, que precisa de água em abundância e preferencialmente de qualidade e a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira trabalhou intensamente para mostrar a importância e quais as condições para que se armazene e use a água com eficiência e racionalmente" pontuou o coordenador da Área de Hidráulica e Irrigação, Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez.

Para a Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira é de extrema importância contrariarmos a opinião da maioria e que 2016 seja excepcional, muito melhor que 2015! Vamos trabalhar para isso com comprometimento, aprendizado e mais realizações e com isso, aprendermos e ensinarmos muito mais! Sempre amanhã melhor do que hoje! Este é o lema!

Feliz ano novo e ótimas festas são votos de toda a equipe da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira.
Canais de comunicação:
Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira acredita no poder da comunicação e investe em diferentes canais para atingir um público maior e diversificado e assim contribui para uso mais eficiente da água e dos recursos tecnológicos disponíveis, preservando o meio ambiente e em especial os recursos hídricos para a produção de alimentos, essencial para a sobrevivência de todos. Assim, no canal YouTube o destaque - representados pelo número de acesso - foi  a participação do Prof. Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez no programa "Nosso Campo" da TV Tem que exibiu uma reportagem no dia 21 de março de 2015 sobre a importância da economia e o reúso da água na agricultura e o destaque foi para a importância da estimativa da evapotranspiração para o irrigante o software SMAI (Sistema para o Manejo da Agricultura Irrigada) desenvolvido pela  Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira. E os outros canais de comunicação podem ser acessos em: 
- Canal da Irrigação;
- Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário