DIVULGAÇÃO DA PREVISÃO POR CONSENSO PARA O TRIMESTRE FMA DE 2016

Previsão Climática para o Trimestre FMA/2016

A previsão por consenso para o trimestre fevereiro a abril de 2016 (FMA/2016) indica maior probabilidade do total trimestral de chuva ocorrer na categoria abaixo da normal climatológica em grande parte das Regiões Norte e Nordeste, na faixa que vai do nordeste do Amazonas ao norte da Bahia, com distribuição de probabilidade de 25%, 30% e 45% (correspondendo às categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal climatológica). 

Para o sul do Mato Grosso do Sul, extremo sul de São Paulo e toda a Região Sul, a previsão indica maior probabilidade de totais pluviométricos no trimestre na categoria acima da normal climatológica, com distribuição de 45%, 30% e 25% para as categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal climatológica, respectivamente. 

As demais áreas do País (área cinza do mapa) apresentam baixa previsibilidade para o período, o que implica igual probabilidade para as três categorias. Esta previsão ainda refletiu a atual condição de El Niño. É importante mencionar que a maioria dos modelos numéricos avaliados indica um declínio gradual da fase quente do fenômeno El Niño-Oscilação Sul (ENOS) até meados de 2016. 


A previsão por consenso indica maior probabilidade de temperaturas acima da média em quase todo o País no decorrer do referido trimestre. Para a Região Sul, as temperaturas podem ocorrer em torno dos valores normais. Esta previsão foi elaborada pelo GTPCS do MCTI, durante a reunião climática realizada nas dependências do CNPq, em Brasília-DF, com a participação de órgãos ligados à área de Meteorologia. A previsão por consenso é baseada na análise das condições diagnósticas oceânicas e atmosféricas globais e de modelos dinâmicos e estatísticos de previsão climática sazonal. Informações adicionais sobre as condições oceânicas e atmosféricas utilizadas nestas análises e a situação da chuva em todo o Brasil serão disponibilizadas no portal do INPE/CPTEC.

Fonte: CPTEC/INPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário