Revisão - Aula 4




Na parte da manhã da nossa última aula, conhecemos o pivô central, alguns de seus componentes e características. Trata-se de um sistema de irrigação capaz de atuar em grandes áreas entregando água e adubo às plantas de forma eficiente (85%). 


Alguns dos pontos positivos desse sistema que merecem destaque, como: baixo custo com mão de obra; fácil operação; aplicação de fertilizante via água; possibilidade de automação. Entretanto, também existem alguns pontos negativos como por exemplo a existência de uma área ociosa devido ao modelo de funcionamento do pivô central.

Aprendemos sobre o mecanismo de movimentação do pivô central onde a caixa de controle comanda a última torre e, por desalinhamento, as demais torres se movimentam.

Embora seja um dos principais sistemas de irrigação, ele (o pivô central) apresenta algumas limitações como: Declividade do terreno; comprimento do pivô limitado pela vazão do último aspersor, que por sua vez vai depender também da taxa de infiltração do solo; e a limitação da velocidade das torres a 250 m/ hora.

Por fim, na aula da tarde fizemos uma simulação do manejo da irrigação de feijoeiro em um pivô central. Foram explicados alguns itens-chave para a realização do manejo como o coeficiente de cultura (Kc), capacidade de água disponível (CAD), umidade atual, ponto de murcha permanente (PMP) e a umidade crítica. 



Lembrando que a CAD é a capacidade que o solo tem de reter água, ou seja, é o nosso “tanque cheio”, e quando a umidade atual do solo atinge a umidade crítica temos como resultado uma queda na produtividade da cultura.
No manejo da irrigação sempre devemos buscar trabalhar dentro dos limites de água adequadamente disponível para garantir um bom desenvolvimento da cultura e consequentemente uma boa produtividade. 

Para quem teve dificuldade em acompanhar o exercício dado em aula, as monitorias acontecem todas as quintas-feiras às 19:00h na sala do Laboratório de Hidráulica e Irrigação.




Acompanhe todo o nosso trabalho a partir de:
Skype: equipe-lhi
Email: irriga@agr.feis.unesp.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário